0. AngaOS‎ > ‎

5. Governança

Ao passo que as pessoas da interagem entre si e com o meio externo, encontram necessidades de adaptar a organização para lidar com os novos desafios e oportunidades, de forma a agir em prol dos resultados pretendidos.

O processo de Governança resulta na transformação da organização, que torna-se cada vez mais capaz de responder às tensões e alcançar seus objetivos. É o processo de governança que permite, por meio da adaptação constante, que o Grupo Anga tenha uma estrutura evolutiva.


Os detalhes


Os processos de Governança baseiam-se no pressuposto de que não apenas as pessoas devem evoluir como a própria organização deve evoluir para atendar a novas necessidades advindas de novas observações do ambiente (tensões).


Ao identificar uma tensão, pode-se concluir que a estrutura organizacional atual não é capaz de processá-la, seja porque não há nenhuma pessoa ou equipe responsável pelo seu escopo, ou porque os acordos atuais não a contemplam:



Nesse contexto, essas tensões são consideradas tensões de governança, e requerem soluções que transformam a organização por meio de uma Decisão de Governança, que é qualquer decisão que afeta ou pode afetar a estrutura da organização.


Decisões de governança são feitas dentro do contexto dos círculos que contém a tensão levantada. O diagrama abaixo ilustra como o círculo pode atender às tensões estruturais por meio de decisões de governança:


Acordo Atualizar um acordo, fazer um novo acordo, ou até mesmo acabar com um acordo. Um acordo também pode ser o de não fazer nada. Papel Designar alguém para um papel, criar um papel, atualizar um papel já existente ou eliminar um papel. Círculo Designar a responsabilidade a uma equipe para que isso seja cuidado, atualizar as responsabilidades de uma equipe ou eliminar uma equipe. Toda equipe criada um um círculo é, por definição, um subcírculo dela.

Pautas de Governança

Normalmente levamos uma necessidade dentro de uma observa (tensão) para uma reunião de Governança quando:
  • antecipamos que usar ou aproveitar a inteligência coletiva do círculo levará a um acordo mais eficaz;
  • há vantagens em membros do círculo se sentirem “donos” da proposta;
  • pessoas serão afetadas ao tentarmos cuidar da tensão e não há um acordo anterior que dá consentimento explícito para um indivíduo ou grupo de indivíduos decidir.
Nesse tipo de decisão o proponente (a pessoa que registrou a tensão), ou outra pessoa que assuma a responsabilidade pela solução da tensão pode:

Caso não exista uma ideia de como resolver a tensão:
Caso já exista uma ideia de como resolver a tensão: